Amiguinhos

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 2 de julho de 2010

♥ Bebés na praia...

Se estava habituado a passar dias inteiros na praia, a não ter relógio e a recusar qualquer compromisso de horário, esqueça. As férias com um bebé são outro filme. Ele precisa que a sua rotina seja respeitada e não pode estar na praia entre as 11h00 e as 16h00. Essa é a primeira grande regra.

Assim sendo, esqueça também as noitadas. Levantar cedo já é normal para quem tem filhos pequenos. Quando se está de férias com um bebé, as primeiras horas do dia são óptimas para passear com ele na praia. Pelas 10h30 ou 11h00 está na hora de voltar para casa. Dar almoço ao meio-dia, dormir a sesta - que é um óptimo hábito de férias para todas as idades - lanchar e pelas 16h30 voltar à praia para um bom fim de tarde. Nem todos os bebés aguentam dois períodos de praia por dia. Assim sendo terá de avaliar se ele fica muito rabugento, cansado, com dificuldade em dormir... Se assim for, é preferível levá-lo apenas à tarde e fazer uma manhã apenas com um passeio pelo jardim ou uma ida ao parque infantil ou uma passagem pela piscina bem cedinho.
Para que tudo isto funcione, é preciso tomar algumas medidas antecipadamente. Parece um regime militar, mas vai ver que depois compensa. Prepare o saco de praia na véspera à noite. Deixe também a mesa do pequeno-almoço preparada ou, se preferir, tome-o quado chegar à praia. Leve uns iogurtes ou um sumo e no caminho compre um pão ou croissant. Não prolongue o pequeno-almoço indefenidamente, caso contrário chegará à praia à hora a que deve estar a sair de lá.

Cuidados com o sol

O protector solar (factor 50) deve ser aplicado antes de sair de casa. Na praia mantenha o bebé com uma t-shirt branca e chapéu com abas. Os óculos de sol também devem fazer parte do material, mas nem todos os bebés se adaptam bem. O chapéu de sol é essencial. Depois de um passeio à beira mar, traga umas conchinhas no balde e sente o bebé à sombra. Muito cuidado com os dias nublados ou com vento. A sensação de frescura engana - o sol está lá e continua a queimar.

Hidratar

Na praia, o risco de desidratação é grande, sobretudo em dias de maior calor. Vá oferecendo água ao bebé regularmente.

Com que idade podem ir à praia?

Antes dos quatro meses, a praia não tem qualquer vantagem. A partir daí, os pais devem respeitar os horários do bebé e ir avaliando a sua reacção à praia.

Brincar e chapinhar

Um balde, uma pá e ums forminhas são suficientes para entreter um bebé por muito tempo. Os que gostam de brincar na areia entretem-se muito tempo quase sem interferências. Encher o balde de água de vez em quando é suficiente para que fiquem felizes a chapinhar. Uma pequena piscina insuflável com alguma água é um sucesso pois além de divertido é refrescante.
Mas o melhor mesmo é caminhar na areia molhada, sentir as ondas a vir molhar os pés, ouvir o barulho do mar, olhar para as gaivotas e apanhar conchas para brincar depois na areia seca.

Quando não gostam da areia

Há crianças que não gostam da areia. E os pais que imaginavam a primeira ida à praia como o início de grandes brincadeiras e horas felizes, vêem-se confrontados com um bebé que trepa por eles acima quando tentam poisá-lo no chão. Alguns estranham a textura e sentem-se inseguros pela falta de solidez no contacto com os pés. Para outros, é mesmo uma questão de repulsa. Há os que choram e há mesmo os que chegam a vomitar.
Para todos é preciso muita paciência e não forçar. Uma toalha bem grande, com o bebé sentado no meio é a primeira medida higiénica. Experimente calçar-lhe umas meias, assim o contacto é minimizado. Aos poucos, ele vai descobrir que a areia é divertida. Mas pode não ser logo no primeiro Verão.

Quando têm medo do mar

Também para o mar, é importante respeitar o bebé e levá-lo à medida da sua vontade e desejo de aventura. Se há aqueles que são um perigo porque não têm medo nenhum, outros não concebem sequer aproximar-se. Vá devagarinho e com paciência. Se forçar estará a agravar o problema. Muitos destes medos têm origem em situações de pânico em que as crianças foram forçadas - pode ter sido no primeiro Verão - a mergulhar ou a pôr os pés na água quando não se sentiam seguras para isso.

Chichis e... cocós

Esta é uma óptima altura para os bebés que estão em fase de deixar as fraldas. Deixá-los só com o fato de banho na praia deixa-os sentir quando fazem chichi e assim estão mais atentos aos sinais - sem as desvantagens de ter de andar a limpar atrás deles. Não há qualquer problema de higiene em fazerem chichi na areia. As fraldas de piscina e praia são uma boa opção pois podem funcionar como cuecas. Se já pedem para fazer cocó, um bom truque é encher de areia um saco de plástico, colocá-lo dentro do balde da praia e sentar a criança. Depois é só fechar o saco e deitar no lixo. É que ir a correr à casa de banho mais próxima pode demorar demaisado tempo.



0 comentários:

 

Blog Template by YummyLolly.com