Amiguinhos

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 9 de junho de 2010

♥ Crescer com duas mães...

Na semana em que se registou em Portugal o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo, no caso entre duas mulheres, tornam-se conhecidos os resultados que um estudo que avaliou o desenvolvimento de crianças educadas por casais de lésbicas. O estudo foi realizado ao longo de 20 anos e acompanhou o crescimento de 78 crianças, desde o planeamento da gravidez. Os autores, da Universidade da California, Los Angeles, EUA, afirmam que em comparação com jovens da mesma idade, os filhos de casais de lésbicas são equilibrados do ponto de vista psicológico, social e académico. Acrescentam ainda que têm menos problemas de integração e demonstram menos agressividade e comportamentos desviantes do que a média dos indivíduos da mesma idade.

Os resultados serão publicados no número de Julho da revista científica Pediatrics.

A justificação para estas diferenças está, segundo os investigadores, no facto de as mães lésbicas serem pessoas geralmente muito comprometidas e envolvidas na educação dos filhos. Adiantam também a hipótese provável de os resultados seriam semelhantes para famílias resultantes da união de dois homens, até porque só gays com uma boa posição económica e muita vontade conseguem adoptar nos EUA.

Portugal tornou-se o sexto país da Europa a permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Teresa Paixão e Helena Pires foram as primeiras a dar o nó. Presentes estavam as filhas, de uniões anteriores, que vivem actualmente com elas. O advogado, Luís Rodrigues, afirmou, na ocasião, qua as duas lutarão agora pela conquista de direitos no que diz respeito à parentalidade e adopção.


0 comentários:

 

Blog Template by YummyLolly.com